skip to Main Content

O que é um cartel?

Em 1964, Lacan estabeleceu o cartel como o órgão de base da sua Escola: é por meio dele que se dá a formação e a transmissão da psicanálise. Sendo um pequeno coletivo de trabalho composto de três a cinco pessoas que se escolhem a partir de um tema em comum, o cartel se sustenta em torno de questões singularmente recortadas por cada integrante. Depois, escolhem Mais-Um participante, cuja função é mitigar os efeitos de grupo, fazer a palavra circular e permitir, assim, um turbilhonamento e avanço do trabalho. Nesse dispositivo, produção e exposição se articulam ao longo de um tempo determinado (máximo 2 anos) do seguinte modo: i) pode-se colocar, periodicamente e a céu aberto, tanto os resultados quanto as crises de trabalho; ii) espera-se, ao final de no máximo 2 anos, um produto de cada participante (e não coletivo), podendo ser aquele endereçado à comunidade analítica. Produção e dissolução são inextricáveis no trabalho de cartel: fazer laço, mas desatar os nós, para que apareça o Um a Um do desejo passível de alicerçar o dispositivo; e chegar ao seu “fim”, apostando no resto como causa para novos enlaces.

Back To Top